domingo, 18 de agosto de 2013

Reflexão...



A cada dia que passa eu tenho mais certeza de quão errado está sendo o conceito de amor e vida para as pessoas. As pessoas pensam que amar é só amar a família ou a respectiva pessoa que está ao lado. De onde vocês tiraram isso? O amor está muito além, o amor é tudo (Love it all) e qualquer coisa que nos faz bem, como? Eu amo a música, eu amo meu cachorro, eu amo séries, amo tocar violão, amo a dança, amo fazer o bem as pessoas. Eu amo a vida, outro fator que está fugindo do seu conceito. Por que vocês se importam tanto com as coisas? Estamos aqui uma única vez, temos que procurar a felicidade de todas as maneiras possíveis e imagináveis, enfrentando sempre aquilo que não te deixa aproveitar essa dádiva maravilhosa, que no meu caso é o medo. Meu novo conceito de vida? Fearless, e sim, será, um dia, minha tatuagem, para eu olhar para essa frase todos os dias e assim pular de paraquedas, ficar mais de três horas em um avião, andar de carro, ir a brinquedos radicais, ou seja, aproveitar tudo de maravilhoso que essa jornada aqui na terra tem a me proporcionar. Por quê? Você sabe se estará aqui amanhã? Eu não sei. Então, o que basta é viver cada dia como se fosse o ultimo, quer dizer, cada dia não, cada segundo!
Ou soma, ou some. Pois é, por que insistem em serem amigos ou estarem ao lado de pessoas que não te fazem bem. Saia, conheça pessoas novas, conheça lugares e culturas novas, aproveite tudo que tiver que aproveitar. E aqueles que não gostam de você, esqueça, eles nem nunca existiram. Procure pessoas que te some, que te acrescente, que te faça elogios e que te faça bem, sempre.
Palavras positivas, diga todos os dias para sua mãe que ela está linda e que a ama muito, diga ao seu pai, ao seu irmão e as plantas do seu quintal, sinta o cheiro de grama e respire fundo olhando para o sol. Valorize todas as coisas.
Seja, sempre. Seja você, seja sua cara metade, seja a pessoa que te faz bem antes de qualquer coisa ou pessoa no mundo. Tenha seu estilo, e não tenha vergonha de ser quem você é.


Enfim, clichê, mas viva e ame. Mas com o sentido certo e o conceito certo. Se não irá apenas existir, e de existência o mundo já está farto. 


ps: Era para eu estar estudando, mas estou refletindo sobre a vida, rs. 


xoxo, Carol Magalhães...






4 comentários:

Vitor Mendrone on 18 de agosto de 2013 16:18 disse...

There's nothing you can know that isn't known, all you need is love, love is all you need. <3

Carol Magalhães on 18 de agosto de 2013 16:21 disse...

Yeaaaaaaah, Beatles já dizia. Obrigada por ler!!!

Alex Vasques on 5 de setembro de 2013 08:06 disse...

É melhor se arrepender pelo que fez, do que pelo que deixou de fazer. Penso assim, curtir a reflexão. Sobre o medo até certo ponto é importante pois te faz ter precaução, porém em excesso é péssimo pois te deixa paralisado. Nem tanto ao seu, nem tanto a terra. Termos que ter cuidado ao viver a vida, porém não podemos ter medo de vivê-la. Beijão Carol, bons estudos. Você tem cara de moça inteligente e vai passar em todas as matérias. Vamos marcar uma praia para as férias.

Carol Magalhães on 5 de setembro de 2013 10:12 disse...

Pois é, estou tentando colocar isso em pratica. Obrigada por ler e pelos elogios!

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.
 

Meu Diário de Faculdade Copyright © 2009 Girlymagz is Designed by Bie Girl Vector by Ipietoon